Como se organizar para trabalhar em casa

Como se organizar para trabalhar em casa! Seguindo as dicas apresentadas nesse artigo, você conseguirá ter mais foco, mais produtividade e, consequentemente, aumentará a sua renda oriunda do Home Office!

Trabalhar em casa é um sonho comum a muitas pessoas atualmente. E isso é totalmente compreensível, já que o Home Office oferece uma série de vantagens, sendo que, entre aquelas que mais chamam a atenção estão:

  • A possibilidade de ficar mais próximo da família;
  • Não ter que se deslocar até a empresa;
  • Não ter gastos com locomoção;
  • Livrar-se do transporte lotado (no caso de quem usa ônibus e/ou metrô);
  • Não perder tempo no trânsito;
  • Ter flexibilidade de horários.

Contudo, como nem tudo é maravilhoso, quando você começa a trabalhar no conforto do seu lar, aparecem os famosos “ladrões do tempo” (ou “ladrões da sua atenção”). Tarefas domésticas, levar os filhos para a escola, ir ao supermercado e pagar contas no banco são apenas algumas das atividades que “roubam” nosso tempo. Sem contar que, pelo fato de você trabalhar em casa, as pessoas do seu convívio acham que você está sempre disponível para ajudar, conversar e fazer coisas que, muitas vezes, elas mesmas deveriam fazer, mas “como você está em casa”, pedem para você.

Por isso, para ajudar você que já trabalha em casa ou que vai começar a fazer isso a se livrar dos “ladrões do tempo”, juntei algumas dicas que lhe ajudarão a ter muito mais foco e, consequentemente, mais produtividade no seu dia a dia de trabalho em casa. Todas as dicas são baseadas em minha própria experiência, pois estou no Home Office há muitos anos, o que me fez aprender, na prática, a ter uma boa organização para ser o mais produtiva possível e entregar tudo o que me comprometo dentro do prazo!

Como se organizar:Defina um local de trabalho

Como se organizar

Ficar mudando de lugar onde você trabalha na sua casa – já que você pode levar seu notebook para qualquer canto – pode parecer inofensivo, mas não é. Se você trabalha na mesa da sala, por exemplo, seus familiares podem se achar no direito de lhe interromper o tempo todo. Além disso, podem aparecer várias distrações, como uma briga entre os seus filhos, você começa a prestar a atenção na TV que está ligada no cômodo ao lado, a campainha toca e você vai atender, enfim, são várias as possibilidades.

Por isso, definir um local de trabalho apropriado e fixo vai passar a mensagem para as pessoas da sua casa que, se você está lá, é porque quer manter o foco no trabalho. Desse modo, peça que só lhe interrompam se for algo urgente e importante.

Como se organizar:Estabeleça o seu horário de expediente

É muito importante definir um horário de trabalho e cumpri-lo fielmente! Isso vai fazer com que você não caia na armadilha dos “ladrões” de tempo e de atenção. Por outro lado, você estabelecerá um limite para suas horas de dedicação. E isso é muito importante, pois muitas pessoas que trabalham em casa acabam trabalhando bem mais do que as oito horas diárias do regime CLT, seja porque querem terminar o que estão fazendo ou porque simplesmente não sabem dizer NÃO para os clientes. Para evitar esse tipo de situação, sempre informe seus clientes sobre seu horário de atendimento e evite trabalhar mais do que oito horas por dia.

Como se organizar:Use roupas de trabalho

Vai começar o expediente? Então, tire o pijama e coloque uma roupa e sapatos, como se você fosse sair para trabalhar. Esse simples ato manda uma informação para o seu cérebro avisando que você está trabalhando e não passando o tempo à toa.

Como se organizar:Feche a porta para trabalhar em casa

Para você ter mais tranquilidade e foco, é muito importante fechar a porta do cômodo onde você decidiu trabalhar. Ao fazer isso, você consegue se concentrar e se dedicar 100% ao seu trabalho. Para quem não gosta de silêncio, uma opção interessante é colocar uma música ambiente não muito agitada, mas também não excessivamente calma, afinal, você deve ficar com a mente ativa.

Desligue os aparelhos eletrônicos

Querer estar totalmente conectado e bem informado pode parecer muito bacana para os negócios, mas não te dará foco, além de que a probabilidade de você se perder no mar de informações será grande. Por isso, desligue a TV e o rádio, não fique logado nas redes sociais e desligue até mesmo o seu celular em alguns momentos-chave para evitar dar atenção às mensagens que chegam o tempo todo e tiram sua concentração.

Para ficar por dentro das novidades do dia, dedique um momento para você se informar. Por exemplo, 1 hora antes de começar a trabalhar, leia o seu jornal, acesse websites e blogs da sua área e ouça notícias. Depois disso, desligue tudo e se concentre no seu trabalho. Você vai render muito mais!

Todas essas dicas, apesar de parecem simples, são de grande relevância para qualquer pessoa que trabalha em casa conseguir ter mais organização e foco, aspectos essenciais para que o trabalho seja feito com praticidade e eficiência.

Fique à vontade para deixar o seu comentário, sua opinião é de extrema relevância para mim!

Profissões para quem quer trabalhar em casa

 Profissões

Profissões para trabalhar no conforto da sua casa, fazer os seus próprios horários e ser o seu próprio chefe? Você não é o único!

De acordo com informações disponibilizadas pelo Google, o número de buscas sobre trabalhar em casa ou assuntos relacionados chegou a mais de 300 mil por mês neste ano.

A prática pode ser considerada uma alternativa ao desemprego no País, que chegou a 13,2 milhões em abril deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Porém, nem todas as profissões podem ser exercidas de forma autônoma. Algumas dependem de toda uma estrutura específica para que sejam exercidas com eficiência, como é o caso de muitas profissões na área da saúde.

Pensando nisso, a Revista Quero fez uma lista com opções de profissões que te possibilitam ter uma renda salarial no conforto do seu lar. Ficou interessado?

Veja a seguir 9 profissões para quem quer trabalhar em casa: 

  1.  Designer Gráfico
    O designer gráfico é responsável por criar logotipos e formatar páginas de publicações. impressas e virtuais.
  2.  Esteticista
    O esteticista atua na área de saúde e beleza. Para isso, aplica produtos cosméticos e utiliza técnicas de limpeza, hidratação e outros cuidados com a pele.
  3.  Professor particular
    Ao se graduar em algum curso de licenciatura, uma das possibilidades de atuação é a de dar aulas particulares na área de formação como Letras, Matemática, História ou Geografia.
  4.  Gastrônomo
    O profissional pode criar e produzir pratos de confeitaria, panificação, refeições ou trabalhar com culinárias específicas.
  5.  Tradutor 
    O tradutor é responsável transpor significados de textos e documentos de um idioma para o outro. 
  6.  Empreendedor
    O empreendedor é capacitado para idealizar e promover mudanças, inovações e melhorias a qualquer tipo de negócio.
  7.  Artista Visual
    O artista visual pode produzir desenhos, pinturas, gravura, escultura, dentre outros materiais para expressar ideias.
  8.  Desenvolvedor de Jogos
    O profissional é responsável por todas as etapas de produção de um jogo, desde o roteiro até a finalização.
  9.  Designer de Moda
    O designer de moda é capacitado para criar roupas, estampas e acessórios levando em consideração as principais tendências do momento.

Trabalhar em casa!Veja 4 ideias

trabalhar

Muito provavelmente já passou pela sua cabeça a vontade de trabalhar em casa, sem precisar sair, o tão cobiçado home office. Além da grande probabilidade de aumentar a sua qualidade de vida, ganhar dinheiro em casa te permite ter os seus próprios horários e ainda poder passar mais tempo com a sua família e animais de estimação. 

Esse tipo de emprego, por mais que ainda seja visto como fora do padrão, depois da crise financeira que estamos passando, vem sendo mais em mais desejado, aos olhos dos trabalhadores brasileiros. Os pontos positivos que vêm com essa rotina são muitos, como você poder ter mais tempo para cuidar da sua saúde e poder ter uma alimentação mais saudável, visto que estará dentro da sua própria casa.

Porém, como ganhar dinheiro em casa? Que tipo de negócio montar? A primeira pergunta que você deve responder é o que você sabe fazer? E, principalmente, com o que te daria prazer em trabalhar? Existem diversas opções, tanto online, que tendem a serem mais econômicas, quanto um negócio físico, que podem se encaixar nas suas habilidades. 

Trabalhar em casa não significa ganhar dinheiro fácil, muito pelo contrário, você precisa ter organização e responsabilidade com seus compromissos, para conseguir entregar seus trabalhos sempre no prazo. Se você conseguir encontrar algo que realmente goste de fazer e se dedicar de verdade, com o tempo você pode ganhar mais dinheiro do que ganhava tendo que bater ponto todos os dias.

Se você tem o objetivo de trabalhar em casa ou quer tentar ganhar um dinheiro extra, porém não sabe bem por onde começar, separamos 35 opções de como ganhar dinheiro em casa para você:

1 – Trabalhar com Google AdSense 

Quando você tem um site, que gera visualizações diárias, você pode instalar o Google AdSense. Dessa forma, ele gera em seu site códigos para colocar anúncios, criando uma pequena parceria entre o Google e você. Se as pessoas entrarem e clicarem em alguma dessas publicidades, que estão usando um pequeno espaço do seu blog, você ganha uma comissão por clique.

Você pode acompanhar seus ganhos através da sua conta. Para cria-la é simples, basta você se inscrever no site do Google AdSense e vincular o seu próprio site a eles. Você pode definir se o Google Adsense deve ou não te enviar sugestões personalizadas de ajuda e desempenho, o que permite que eles possam te ajudar a aproveitar o melhor do serviço.

2 – Trabalhar com Infoprodução

Você entende muito de algum assunto a ponto de acreditar que pode ensinar para outras pessoas? Já pensou que você pode ganhar dinheiro com isso? Sim, é possível ganhar dinheiro em casa com conhecimentos que você já tem, através de vídeo aulas, ebooks e podcasts.

Existem plataformas de vendas de cursos online, como a Hotmart. Você cria o seu produto e esses sites fazem o intermédio entre os compradores do seu conteúdo e os seus recebimentos, de forma rápida, fácil e segura.

3 – Programa de Afiliados

Caso você não queira ser um criador de conteúdo, como vídeo aulas, você pode revender os infoprodutos de outras pessoas. O programa de afiliados faz com que você se afilie a produtos digitais e, assim, se você indicar esses conteúdos e uma pessoa comprar através do seu link, você ganhará uma comissão em cima de cada venda. A Hotmart, por exemplo, é uma ferramenta que te permite fazer esse tipo de comércio.

4 – Aula Particular

Mais uma vez, usar seus conhecimentos pode ser uma forma de começar a ganhar dinheiro em casa, sem precisar de um grande investimento inicial. Sem contar que você tem a opção de ensinar de forma online, presencial em sua casa ou em qualquer outro endereço que fique melhor para você e seu aluno.

Você pode dar aulas de idiomas, culinária, costura ou qualquer outra aptidão que tenha vontade de passar o conhecimento adiante. Dar aulas particulares pode ser uma renda extra, como a sua principal. Você faz os seus horários e agenda onde for mais conveniente para si.

Existem algumas plataformas online que te ajudam a se tornar um professor particular e te deixam em contato com possíveis alunos, como é o caso da SuperProf. É uma ótima oportunidade para trabalhar em casa.